Mundo

Eita! Mundo pode ter escassez de preservativo devido à pandemia do novo coronavírus

Produção está parada há mais de uma semana

Por Redação Tupi

A Karex Bhd na Malásia, maior produtora de camisinha do mundo, anunciou, nesta sexta-feira (27), que deve ocorrer em breve uma escassez global de preservativos por causa da interrupção do funcionamento das fábricas devido à pandemia do novo coronavírus.

A produção está parada há mais de uma semana. Nesse período, já teriam sido fabricados algo em torno de 100 milhões do produto, vendido por marcas como a Durex, ou fornecidos por sistemas de saúde do governo em outros países ou pela ONU.

A Malásia é o país mais afetado do Sudeste Asiático, com 2.161 infecções por coronavírus e 26 mortes. O bloqueio deve permanecer em vigor pelo menos até 14 de abril.

Os outros principais países produtores de preservativos são a China, onde o coronavírus se originou e levou a paralisações generalizadas nas fábricas, e a Índia e a Tailândia, que estão vendo infecções aumentando apenas agora.

Fabricantes de outros itens críticos, como luvas médicas, também enfrentaram dificuldades em suas operações na Malásia.

Comentários

enquete

Você acha que o Flamengo vai levar novamente a Libertadores?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »