Mundo

Presidente que dizia que o consumo de vodca é capaz de evitar Covid-19 é infectado

Alexander Lukashenko costumava declarar que 50ml de vodca seriam suficientes para afastar o coronavírus

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução/TV Globo

O presidente de Belarus (antiga Bielorrússia), Alexander Lukashenko, de 65 anos, que disse que o consumo de vodca é capaz de evitar que as pessoas sejam infectadas pelo coronavírus, contrai a doença. O diagnostico foi revelado pela imprensa local, citando um comunicado do governo.

Conhecido por negar a letalidade do vírus, Lukashenko chegou a afirmar que “ninguém vai morrer por causa do novo coronavírus no país”. Belarus não fez nenhum tipo de quarentena para conter a pandemia de Covid-19.

“Ninguém vai morrer de coronavírus no nosso país. Eu declaro isso publicamente. Nós já encontramos combinações de drogas para salvar as pessoas”, afirmou Lukashenko.

No poder desde 1994, Lukashenko ainda pediu que as pessoas se mantenham “positivas” para enfrentar a doença, segundo a agência estatal BeITA. O país já registrou 67 mil casos confirmados de Covid-19, com 538 mortes.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »