Conecte-se conosco

Mundo

Vírus da Varíola do Macaco pode ser identificado no sêmen

Uma diretora da OMS informou que esse vírus não é considerado como uma infecção sexualmente transmissível

Publicado

em

Amostra do vírus da Varíola do Macaco.
Amostra do vírus da Varíola do Macaco. (Foto: Reprodução)

A presença do vírus da Varíola do Macaco no sêmen “não é raro nem aleatório”, revelou um estudo realizado por pesquisadores italianos.

Francesco Vaia, diretor de um hospital de Roma, disse que os resultados do estudo preliminar apontaram que o DNA do vírus era detectado no sêmen de três a cada quatro homens que testaram positivo para a doença.

No entanto, uma diretora da OMS informou que esse vírus não é considerado como uma infecção sexualmente transmissível.

A partir dessa informação, a segunda parte do estudo é determinar quanto tempo o vírus permanece no sêmen depois dos primeiros sintomas da doença.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.