Patrulhando a Cidade

Casal gay é agredido após defender mulher em festa

Um dos homens ficou com o rosto desfigurado e teve o braço imobilizado

Foto: Reprodução TV

Um casal homoafetivo foi vítima de agressão neste domingo, 04/08, após tentar defender uma mulher durante uma festa em Copacabana, na Zona Sul do Rio. Segundo o casal, homofobia seria a motivação.

Em entrevista ao “Bom Dia Rio”, uma das vítimas relatou o caso. “Ele arremessou uma garrafa de vidro na cabeça dela. Mirou na cabeça dela mas, graças a Deus, não acertou. E essa menina ficou em choque. A gente foi protegê-la dentro de um apartamento”, contou uma das vítimas, que preferiu não se identificar.

O casal, então, decidiu levar a mulher para outro apartamento no mesmo prédio e foi seguido pelo homem, que continuou com as agressões. Ele desferiu um soco no rosto de uma das vítimas. Durante o ataque, o agressor gritava que “LGBTs tinham que apanhar e morrer”.
Agentes do 19º Batalhão (Copacabana) foram acionados, mas o homem fugiu antes da chegada dos policiais.

Todos foram encaminhados ao Hospital Miguel Couto, também na Zona Sul. Um dos homens ficou com o rosto desfigurado e fraturou o dedo, ao ser derrubado, e precisou imobilizar o braço.

O caso foi registrado na 12ª DP (Copacabana) como lesão corporal. As vítimas farão nesta segunda-feira, 05/08, o exame de corpo de delito no Instituto Médico-Legal (IML). A mulher que foi atacada não registrou ocorrência.

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »