Baixada Fluminense

Menina pode ter sido envenenada não por bala, mas sim por sanduíche

Família da adolescente tem uma barraca de lanches e ela teria comido antes de morrer

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Polícia Civil investiga se a morte de Lorrana Madalena da Luz Manoel, de 14 anos, teria sido provocada um sanduíche que a menina comeu. O alimento teria sido preparado na barraca de lanches da família. Nesta quinta-feira, agentes da 65ª DP (São João de Meriti) estiveram no local para fazer uma perícia. O objetivo é saber de houve alguma irregularidade que possa ter causado o envenenamento da menina.

A possibilidade de ela ter sido envenenada por uma bala dada por uma mulher no trem, que é a versão dada pela família da vítima, está praticamente descartada. Após vários depoimentos, a polícia descobriu que Lorrana tomou remédios, chá fitoterápico e comeu o sanduíche. Ainda segundo a polícia, o exame toxicológico pode não apontar alguma substância, já que foram feitas duas lavagens estomacais na estudante.

O corpo da menina vai ser enterrado nesta sexta-feira, às 14h, no Cemitério Tanque do Anil, em Duque de Caxias.

 

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »