Conecte-se conosco

Patrulhando a Cidade

Mulher vítima de assédio sexual denuncia dificuldades para registrar caso em delegacia

Vítima afirma que foi obrigada a gastar R$ 45 em um pendrive para denunciar o caso às autoridades

Publicado

em

Passageiro conseguiu expulsar o responsável pelos abusos do interior do coletivo quando o ônibus passava por Araruama
Passageiro conseguiu expulsar o responsável pelos abusos do interior do coletivo quando o ônibus passava por Araruama

Uma mulher sofreu assédio sexual dentro de ônibus na cidade de Araruama, na Região dos Lagos do Rio.

O caso aconteceu em um coletivo da Linha B460, que faz o trajeto entre Bacaxá x Saquarema.

Segundo a vítima, a empresaria do ramo da confeitaria, Laryssa Costa, de 25 anos, ele passou a mão na parte interna da coxa dela.

Ela chegou a pensar que estava sonhando, porém, o abusador repetiu o gesto obsceno. Foi então que Laryssa gritou para pedir ajuda dos demais passageiros.

Na confusão apenas um passageiro do coletivo, se levantou e conseguiu colocar o abusador pra fora do ônibus. 

Nas redes sociais, Larissa revelou ainda que enfrentou dificuldades para registrar o caso na delegacia de Saquarema.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por 𝓛𝓪𝓻𝔂𝓼𝓼𝓪 𝓒𝓸𝔁𝓽𝓪 (@laryssacostah)



Segundo a jovem, mesmo com todas as imagens do caso, ela foi obrigada pelos policias a comprar um pen drive para conseguir enviar as provas aos policiais.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.