Patrulhando a Cidade

Neta de Raul Capitão é presa no centro do Rio por venda de relógios falsificados

Além dos relógios falsificados, a Polícia Civil ainda encontrou máquinas caça-níqueis no local

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/Polícia Civil)

Camila de Mello Mendonça Paredes, neta do bicheiro Raul Corrêa de Melo, o Raul Capitão, que morreu em 1997, foi presa nesta quarta-feira, em flagrante, por policiais civis, acusada de vender relógios falsificados em uma loja que fica na Praça Monte Castelo, ao lado Camelódromo da Uruguaiana, no Centro do Rio. De acordo com a Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial, a DRCPIM, os investigadores receberam uma denúncia de que em uma loja na região havia uma grande quantidade de produtos piratas estocados, que eram vendidos.

Quando chegaram ao estabelecimento na Praça Monte Castelo, os policiais encontraram Camila e cerca de 50 mil relógios falsificados para venda. Além dos relógios falsificados, a Polícia Civil ainda encontrou máquinas caça-níqueis no local.

 

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »