Patrulhando a Cidade

Promotor é preso acusado de receber propina em esquema no transporte público

Ele foi preso em um desdobramento da Operação Lava Jato no Rio

Por Isaac Santos

(Foto/Divulgação)

Na manhã desta segunda-feira (03), a Polícia Federal (PF) prendeu em Copacabana, na Zona Sul do Rio, um promotor de justiça Flávio Bonazza de Assis, acusado de receber propina de até R$ 60 mil, de esquema no transporte público do Rio de Janeiro. De acordo com a PF, a prisão se deu no âmbito da operação Ponto Final.

A denúncia contra Flávio Bonazza havia sido feita em novembro do ano passado, pelo Ministério Público do Rio, que na ocasião, o acusava de associação criminosa e corrupção. A ação desta segunda-feira é um desdobramento da Lava Jato, que buscava desarticular organização criminosa que atuava no setor de transportes urbanos do estado.

O promotor é acusado de receber vantagens para arquivar investigações e vazar informações em benefício de empresários de ônibus suspeitos. Ele será conduzido a Superintendência da PF no Rio de Janeiro, e após procedimento de praxe ficará à disposição da Justiça, segundo informações da Polícia Federal.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Março de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »
-->