Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Alerj derruba veto e garante exigência de nível superior para agentes do Degase

Deputado Bruno Dauaire conseguiu manter proposta que pode elevar salários dos agentes de segurança socioeducativa

Publicado

em

Alerj aprova PL que institui política a pessoas com Traqueostomia
(Foto: Rafael Wallace/Alerj)

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) derrubou, nesta quarta-feira (29), o veto do governador ao projeto de lei que garante a exigência de curso superior aos agentes de segurança socioeducativa do Degase.

O autor da proposta, deputado Bruno Dauaire (União), conseguiu entrar em acordo com o líder do governo, Rodrigo Bacellar (PL), e retirar do texto apenas o artigo que determinava a implementação da medida ao término do Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Com isso, a Alerj vai promulgar a lei com os trechos que mais interessavam aos servidores: a ampliação da qualificação técnica e possibilidade de melhores salários.

“A orientação era pela manutenção do veto, mas conseguimos destacar o projeto e retirar o artigo que trazia o impedimento. É importante dar esse presente aos agentes do Degase, que merecem maior reconhecimento”, comemorou Bruno Dauaire.

Segundo a proposta, os cargos de agente de segurança socioeducativa devem passar a integrar o “Grupo Ocupacional I, Subgrupo I”, exigindo diploma de curso superior de acordo com a área para os cargos do grupo.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.