Brasil

Após manobra, votação da Reforma Tributária é adiada

Este é o terceiro adiamento seguido da proposta

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal, Davi Alcolumbre (União-AP), cancelou a sessão desta quarta-feira na qual ocorreria a votação do parecer do senador Roberto Rocha (PSDB-MA) que trata da reforma tributária. Este é o terceiro adiamento seguido da proposta. A decisão sobre o cancelamento foi tomada por conta do baixo quórum.

Houve um movimento das bancadas do MDB e PSD para desmobilizar senadores e postergar a votação, alegando falta de consenso sobre a redação da proposta. Outro ponto que pesou contra a adesão dos senadores à pauta foi a inclusão do Projeto de Lei 3.723/2019, que trata da ampliação do acesso e comercialização de armas de fogo para mais categorias.

A reforma tem o apoio do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco Rodrigo (PSD-MG), e promove fusão de impostos, fim da isenção de tributos para produtos da cesta básica e um programa de pagamentos a famílias de baixa renda. Essa proposta deverá compensar entre os mais pobres o impacto do fim da isenção sobre a cesta básica. A proposta é relatada pelo senador Roberto Rocha (PSDB-MA) e tem o apoio do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »