Política

Após ter áudio vazado, Joice Hasselmann acusa Jair Bolsonaro de ser o ‘capitão do gabinete do ódio’

Deputada reconheceu a autenticidade da gravação e justificou que solicitou a criação de contas oficiais em redes sociais para esclarecer as "fakes" que a atacam

Por Diogo Sampaio

Deputada reconheceu a autenticidade da gravação e justificou que solicitou a criação de contas oficiais em redes sociais para esclarecer as “fakes” que a atacam
(Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República)

Durante a manhã desta terça-feira, vazou um áudio da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) pedindo a “criação de perfis” nas redes sociais para defende-lá das “milícias e dos robôs”. Na gravação, enviada para um interlocutor desconhecido, a parlamentar cita especificamente o Twitter e o Instagram.

“Acabei de chegar em São Paulo. Cheguei há pouco para umas entrevistas, mas podia falar com a turma aí para fazer vários perfis e entrar de sola no Twitter especialmente, Instagram, porque eles estão colocando todas as milícias lá e robôs para cima de mim, entendeu?”, afirma Joice no áudio vazado.

A gravação surge após o presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), declarar em conversa com apoiadores e jornalistas, no fim da tarde da última segunda-feira, ter em mãos o áudio de uma deputada “muito conhecida” solicitando a criação de “perfis falsos” na internet. Na fala, ele ainda afirma que a congressista em questão representa a “falsa direita” e é muito ativa na CPMI das Fake News.

“Se eu não tivesse um áudio, de uma deputada muito conhecida aí, de ela passando para uma pessoa e falando o seguinte: ‘Cria mais uns perfis falsos aí para atacar fulano de tal’. Você acha que ia pegar mal para essa deputada? Essa deputada está muito ativa na CPMI. Ela está acusando os outros do que ela faz. E ela não é de esquerda, não. É de falsa direita. Essas questões… eu tô evitando há mais de um mês que esse áudio chegue a conhecimento público. Vai pegar mal para ela”, declarou o presidente.

Após o vazamento, Joice Hasselmann usou seu perfil oficial no Twitter, na tarde desta terça, para reconhecer a autenticidade do áudio e se justificar. “Solicitei, SIM, a criação de perfis oficiais para esclarecer as ‘fakes’ que me atacam. ‘EquipeJH’, ‘VerdadeJH’ e mais alguns atrelados ao meu perfil oficial. É piada me criticarem por solicitar a criação de perfis verdadeiros e não fakes para me defender e não para atacar ninguém”, escreveu a deputada.

Em outra publicação, também feita nesta tarde, Hasselmann postou um vídeo em que acusa o presidente da República de ser o “capitão do gabinete do ódio”. Nele, a deputada afirma que irá entrar com um pedido de investigação da Polícia Federal para saber se partiu de Bolsonaro a ordem do hackeamento ou grampo ilegal de seu celular.

“Quem está por trás disso no momento em que o presidente da República vem a público com uma informação falsa de que eu teria pedido a criação de perfis fakes?”, questiona a parlamentar no vídeo.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
06 de Junho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »