Conecte-se conosco

Política

Bolsonaro rebate questionamento sobre renúncia e afirma: ‘Só saio em 1º de janeiro de 2027’

Pergunta foi feita por um dos presentes no cercadinho de apoiadores do presidente, em frente ao Palácio da Alvorada

Publicado

em

Ativistas e blogueiros apoiadores do presidente pedem um decreto do governo federal determinando que a instituição não cumpra qualquer diligência do inquérito das fake news (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Pergunta foi feita por um dos presentes no cercadinho de apoiadores do presidente, em frente ao Palácio da Alvorada
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Em conversa com apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada, durante a tarde deste domingo, o presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), afirmou que só deixará a Presidência da República no dia 1º de janeiro de 2027. A declaração foi dada pelo chefe do Executivo após ser questionado acerca de um processo de  impeachment.

“Quando a renúncia sai?”, provocou um dos homens presentes no cercado. “Só saio em 1º de janeiro de 2027”, retrucou o presidente, que novamente deu indícios de que irá concorrer a releição em 2022, mostrando-se confiante na vitória. A conversa com apoiadores aconteceu no retorno do chefe do Executivo ao Palácio da Alvorada, depois de comparecer ao chá de revelação do bebê de Eduardo, seu “filho 02”, e da nora, Heloísa Wolf, que trata-se de uma menina.

Após responder a pergunta do homem, o presidente deu as costas para ele, que continuou insistindo. “A democracia pede a renúncia ou impeachment dele, mas ele (Bolsonaro) não captou a mensagem”, disse o opositor infiltrado no cercado.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.