Política

‘Comportamento de gangue’, diz Santos Cruz sobre suposto diálogo com crítica a Bolsonaro

De acordo com o general, no momento que teria ocorrido a suposta conversa ele estava em um avião para o Amazonas, sem acesso à internet

Por Redação Tupi

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O general da reserva, Carlos Alberto Santos Cruz afirmou nesta quinta-feira, no 14º Congresso da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), em São Paulo, que o suposto diálogo em que critica Jair Bolsonaro foi comportamento de uma gangue e que foi um ato criado para pressionar o presidente a demiti-lo do cargo de ministro da Secretaria de Governo.

“Um print de uma tela falsa, como se eu tivesse falado com alguém criticando o presidente, os filhos, como se o [vice-presidente Hamilton] Mourão tivesse que assumir. Isso é crime. É medíocre, um comportamento de gangue. É uma coisa montada, mal feita, para criar um fato para pressionar o presidente a demitir. Os irresponsáveis estão vivendo um momento de glória”, disse Santos Cruz em entrevista aos jornalistas Julia Duailibi e Daniel Bramatti.

Ainda de acordo com Santos Cruz, no momento que teria ocorrido a suposta conversa ele estava em um avião para o Amazonas, sem acesso à internet. A divulgação das mensagens ocorreu em maio. No mês seguinte, o general da reserva foi demitido por Jair Bolsonaro.

Comentários
enquete

Quem vive em cidade pequena tem mais qualidade de vida?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »