Política

Crivella quer ajuda da PM para coibir ameaças a fiscais da Prefeitura

Prefeito do Rio fez um apelo à população sobre a nova fase de reabertura

Por Redação Tupi

(Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio)

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, disse nesta segunda-feira (06) que considera pedir apoio à Polícia Militar para autuar por crime de desobediência quem desrespeitar ou ameaçar fiscais da Prefeitura no trabalho de conter aglomerações em bares e restaurantes. Crivella pediu à população que colabore e alertou para que não haja “um surto de imprudência” que faça aumentar os casos de covid-19.

“Os fiscais estão ali para salvar vidas, para salvar as pessoas que estão se expondo a uma doença perigosa. A partir do momento que eles são recebidos com tanta violência, nós vamos precisar pedir o apoio da Polícia Militar para intervir e, de repente, levar para a delegacia e autuar. Porque isso se chama crime de desobediência”, disse Crivella em coletiva.

Confira coletiva completa: 

No último domingo, o Fantástico, da TV Globo, exibiu uma reportagem em que uma mulher agride verbalmente um fiscal. “cidadão, não; engenheiro civil formado, melhor do que você”, disse ela para o homem que fiscalizava os bares.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
03 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »