Política

Pedido para anular quebra de sigilos de Queiroz é negado

Ministério Público investiga dados bancários e fiscais dele

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira, a Justiça do Rio de Janeiro negou o pedido de liminar de defesa de Fabrício Queiroz para que a decisão do Ministério Público em relação à quebra de sigilos fosse anulada.

Queiroz é ex-motorista e ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro; os dois e um grupo de 84 pessoas e nove empresas tiveram os sigilos fiscal e bancário quebrados.

A decisão de recusar a liminar foi do desembargador Antônio Amado, da 3ª Câmara Criminal, mas o motivo da negação é mantido sob sigilo.

Veja aqui: Pela terceira vez, Flávio Bolsonaro tenta impedir investigações envolvendo seu nome na Justiça

Comentários
enquete

Homens são mais sinceros que as mulheres quando o assunto é amizade?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »