Política

TSE volta a julgar ações de cassação contra a chapa Bolsonaro e Mourão

Pedidos foram apresentadas pelos ex-candidatos a Presidência, Guilherme Boulos (Psol) e Marina Silva (Rede)

Por Redação Tupi

Pedidos foram apresentadas pelos ex-candidatos a Presidência, Guilherme Boulos (Psol) e Marina Silva (Rede)
(Foto: Pedro França/Agência Senado)

O Tribunal Superior Eleitoral (STF) deve retomar, nesta terça-feira, o julgamento de duas ações contra a chapa presidencial de Jair Bolsonaro (Sem Partido) e Hamilton Mourão (PRTB), vencedora nas eleições de 2018. A chapa é acusada de praticar ataques cibernéticos nas redes sociais, contra concorrentes, durante a campanha.

Em novembro do ano passado, o ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça, recomendou a rejeição das duas ações. Porém, antes dos demais votarem, o ministro Edson Fachin pediu vista no processo, ou seja, mais tempo para analisar o inquérito.

As ações foram apresentadas pelos ex-candidatos a Presidência, Guilherme Boulos (Psol) e Marina Silva (Rede). Ambos denunciaram a invasão ao grupo virtual “Mulheres Unidas contra Bolsonaro” um mês antes das eleições.

O grupo, que somava mais de 2,7 milhões de pessoas, foi invadido por hackers, que mudaram o seu conteúdo. O nome foi modificado para “Mulheres com Bolsonaro”, com a inclusão de conteúdo ofensivo aos adversários do então candidato a presidente do PSL.

As ações pedem a cassação dos registros de candidatura de Bolsonaro e Mourão, além da declaração da inelegibilidade dos dois por abuso eleitoral.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »