Modal

Alerj aprova calamidade pública no Rio devido à pandemia do novo coronavírus

A norma será encaminhada ao governador Wilson Witzel que deverá sancionar ou vetar em até 15 dias úteis

Por Redação Tupi

Reprodução: TV Alerj

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, em discussão única, nesta terça-feira (7), o projeto de lei 2.051/2020, do Executivo, que ratifica o estado de calamidade pública em decorrência do novo coronavírus, decretado pelo Poder Executivo no dia 16 de março. A norma será encaminhada ao governador Wilson Witzel que deverá sancionar ou vetar em até 15 dias úteis.

O reconhecimento do estado de calamidade autoriza o Poder Executivo a descumprir artigos da Lei de Responsabilidade Fiscal, dando mais flexibilidade ao orçamento em tempos de crise.

De acordo com a proposta, o prazo da calamidade se estenderá até 1 de setembro de 2020 e, caso seja necessário, poderá ser renovado através de novo decreto a ser ratificado pela Alerj.

O governo, no entanto, deverá publicar na internet todos os gastos emergenciais com compra de produtos e contratação de serviços durante esse período. A medida também determina que os concursos públicos terão seus prazos de contagem paralisados até o fim da calamidade.

A medida ainda prevê a formação de uma comissão na Alerj composta por cinco deputados permanentes e cinco deputados suplentes. O objetivo do grupo será acompanhar a situação fiscal e orçamentária em relação à atuação de combate a prevenção à Covid-19. Essa comissão poderá se reunir através de plataformas digitais, devendo mensalmente se reunir com os secretários de Estado de Saúde e de Fazenda. A cada dois meses, o grupo deverá realizar uma audiência publicar e publicar um relatório com as principais informações.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Maio de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »