Rio

Após crianças indígenas, Maricá-RJ vacina contra a Covid-19 as com comorbidades e deficiência

Ao todo, 87 meninos e meninas de 5 a 11 anos já foram imunizados, sendo que 17 vivem em aldeias do município

Por Redação Tupi

Vacinação em crianças em Maricá (Foto: Reprodução)

Depois de iniciar na sexta-feira (14) a vacinação contra a Covid-19 em crianças indígenas, Maricá começou neste sábado (15) a imunizar meninos e meninas de 5 a 11 anos com comorbidades e deficiência permanente. Ao todo, contabilizando os dois primeiros dias, 87 crianças receberam as doses pediátricas da Pfizer, sendo 17 indígenas das aldeias Mata Verde Bonita, em São José do Imbassaí, e Sítio do Céu, em Itaipuaçu.

As primeiras mães chegaram logo pela manhã e aguardavam com expectativa pelo início da vacinação, que ocorreu às 9h. Foi o caso da Veronica Lima de Almeida, 46 anos, mãe do Pedro Lucca de Almeida, de 9 anos, um dos primeiros vacinados do dia.

“Estou com a sensação de dever cumprido. Começar esse processo de imunização foi uma emoção muito grande. Espero que os outros pais e responsáveis também tenham essa consciência e tragam seus filhos para que a gente volte logo a nossa vida normal. E que venha a segunda dose, pois com certeza meu filho vai tomar”, afirmou.

Pedro Lucca, portador de deficiência intelectual e asma, disse que espera um futuro muito melhor com a vacina.

“Já me sinto mais seguro com a vacina e estou muito ansioso pela segunda dose. Espero que a gente volte, com muita animação e esperança, a brincar e se divertir em segurança, com todo mundo protegido e feliz”, concluiu o menino.

Muito animado, Pedro Henrique Alemanno, 9 anos,  veio acompanhado pelo pai, Massimiliano Alemanno, de 50 anos. Pedro, que tem obesidade infantil, deixou um recado que vale para todas as crianças do Brasil.

“Estou muito feliz e valeu muito a pena porque vou estar mais seguro e logo poderei brincar com meus amiguinhos. Temos que nos vacinar, não precisa ter medo. Todos vão ficar bem depois de tomar a primeira e a segunda dose. O mundo vai ficar bem”, disse.

O pai Massimiliano, que já está com o seu esquema de vacinação completo e a dose de reforço, disse estar grato por Maricá, a sua cidade, sair na frente na imunização das crianças.

“A sensação é de alivio, gratidão e esperança. A gente estava na expectativa de quando chegaria a vacina e, enfim, chegou, começando primeiro aqui na cidade. A alegria é enorme e já espero pela segunda dose dele, em marco, para que fique ainda mais protegido”, agradeceu o Engenheiro Químico.

A vacinação continuará de segunda (17) a sexta-feira (21) para as crianças deste grupo prioritário, entre 9h e 16h, no Serviço de Atendimento de Reabilitação Especial de Maricá (SAREM). As crianças com dificuldades de locomoção severa poderão receber a vacinação em casa, agendando na sua Unidade de Saúde (USF) de referência.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »