Rio

Atendimento fisioterápico emergencial poderá ser incluído nas UPAs

Decisão foi aprovada pela ALERJ e precisa da sanção do governador Wilson Witzel. Unidades poderão ser implementadas em 2021

Por Mylena Guedes

(Foto: Divulgação)

A medida que inclui o atendimento fisioterápico emergencial imediato nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) foi aprovada em discussão única pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quinta-feira (20). O projeto de lei 2.942/20, originalmente do deputado André Ceciliano (PT),  será encaminhado ao governador Wilson Witzel (PSC), que terá até 15 dias úteis para sancioná-lo ou vetá-lo. 

O texto obriga a presença de um fisioterapeuta 24 horas por dia nas unidades. O atendimento será destinado aos pacientes com quadro agudo de dor ou afecções cardiorrespiratórias solucionáveis por meio de fisioterapia manual e técnicas com uso de instrumental fisioterapêutico – como alergias, bronquites, crises asmáticas ou outras condições que necessitem do uso de respiradores. Com a sanção do governador, as unidades poderão ser implementadas em 2021.

Também assinam como coautores os deputados Waldeck Carneiro (PT), Carlos Minc (PSB), Martha Rocha (PDT), Lucinha (PSDB), Bebeto (Pode), Marcelo Cabeleireiro (DC), Eliomar Coelho (PSol), Carlos Macedo (REP), Franciane Motta (MDB), Coronel Salema (SDD), Rosane Félix (PSD), Dani Monteiro (PSol), Renata Souza (PSol), Subtenente Bernardo (PROS), Márcio Pacheco (PSC), Danniel Librelon (REP), Flávio Serafini (PSol), Gustavo Tutuca (MDB), Renan Ferreirinha (PSB), Dr. Deodalto (DEM), Luiz Paulo (PSDB), Max Lemos (PSDB), Enfermeira Rejane (PCdoB), Capitão Paulo Teixeira (REP), Monica Francisco (PSol), Samuel Malafaia (DEM) e Zeidan (PT).

Comentários
enquete

Você concorda com as medidas restritivas impostas no Rio?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »