Conecte-se conosco

Destaques

Avô materno de Henry Borel morre aos 59 anos, vítima de complicações da Covid-19

Além de Monique Medeiros, Fernando também deixa um filho mais novo e a esposa

Publicado

em

Fernando Costa e Silva e o neto, Henry Borel  
(Foto: Reprodução)
Fernando Costa e Silva e o neto, Henry Borel  

(Foto: Reprodução)

O funcionário civil da Aeronáutica Fernando José Fernandes da Costa e Silva, de 59 anos, avô materno do menino Henry Borel, faleceu na noite deste domingo (11), vítima da Covid-19. O pai de Monique Medeiros estava internado em um hospital particular de Bangu, na Zona Oeste do Rio, mas não resistiu as complicações geradas pela doença.

O servidor da Aeronáutica já havia demonstrado enfrentar alguns problemas de saúde durante as investigações da morte de Henry Borel. Isso foi até motivo para que Fernando não conseguisse comparecer a 16ª Delegacia de Polícia (DP) da Barra da Tijuca, na Zona Oeste, para prestar depoimento. Aliás, ele chegou a dar entrada no Hospital Barra D’Or ao saber da morte do neto.

Na manhã desta segunda-feira (12), os advogados de Monique foram até o Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, para informar sobre o falecimento de seu pai. A defesa já entrou com um pedido para que a mãe de Henry Borel possa comparecer ao funeral, usando como base a Lei de Execuções Penais.

Além de Monique Medeiros, Fernando também deixa um filho mais novo, Bryan Medeiros da Costa e Silva, e a esposa, Rosângela Medeiros da Costa e Silva.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.