Baixada Fluminense

Baixada Fluminense registra bons índices na criação de vagas de emprego

A alta em julho foi puxada pelos setores da indústria, construção e serviços que contrataram, cada um, cerca de 300 pessoas por mês

Por Milena Coutinho

Baixada Fluminense
Foto: Reprodução Internet

A Baixada Fluminense abriu mais 2.942 novos postos de trabalho formais durante o mês de julho deste ano, pouco mais de 10% acima do saldo observado no mês de junho, que registrou 2.658 novas vagas ocupadas. No acumulado do ano, até agora, o saldo foi de 11.302 contratações. A análise feita pela Firjan, a partir da plataforma Retratos Regionais, mostra ainda que Duque de Caxias possui o maior saldo positivo da região no acumulado do ano, com mais de 4.500 vagas de emprego.

A alta em julho foi puxada pelos setores da indústria, construção e serviços que contrataram, cada um, cerca de 300 pessoas por mês. O comércio vem logo depois, com 178 empregos formais gerados. Na área de construção, 119 pessoas foram contatadas para a construção de edifícios somente em Duque de Caxias.

Ainda de acordo com o estudo, no início da pandemia do novo Coronavírus, o comércio no estado do Rio de Janeiro fechou 49 mil postos de trabalho mas, desde julho de 2020, já abriu mais de 51 mil vagas. Já o setor de serviços foi o mais afetado pelas restrições impostas pela pandemia e iniciou sua recuperação mais tarde. Entre março e agosto de 2020 fechou 111 mil vagas e, desde setembro do mesmo ano, recuperou 65 mil desse saldo perdido.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »