Economia

Câmara dos Vereadores do Rio aprova Lei da Liberdade Econômica

De acordo com dados do Sebrae, a Lei da Liberdade Econômica deve contribuir para a abertura de 500 mil novas empresas por ano

Por Redação Tupi

Imagem do plenário da Câmara Municipal do Rio
Foto: Divulgação/ Câmara de Vereadores do Rio

A Câmara Municipal do Rio, aprovou em primeira votação, nesta quinta-feira (02), o Projeto de Lei Complementar 43/2021, mais conhecido como Lei da Liberdade Econômica. Enviada à casa pela Prefeitura do Rio, a proposta regulamenta a Declaração de Direitos de Liberdade Econômica, prevista na Lei Federal nº 13.874, de 20 de setembro de 2019, simplificando negócios considerados de baixo risco.

“Agências de publicidade, papelarias e óticas são exemplos de negócios de baixo risco, que não vão mais precisar de alvará a partir da aprovação da lei”, explica o vereador Rafael Aloisio Freitas, primeiro secretário da Câmara.“A nova legislação vai ajudar a desburocratizar o ambiente de negócios, dar mais segurança jurídica sobre os prazos de licenciamento, incentivando a formalização dos empreendedores e promovendo a atividade econômica no município”, acrescenta.

De acordo com dados do Sebrae, a Lei da Liberdade Econômica deve contribuir para a abertura de 500 mil novas empresas por ano, que vão se juntar aos 1,5 milhão de novos negócios criados anualmente no Brasil. “Com isso, ganha também o município, com maior geração de emprego e renda e arrecadação de impostos”, destaca o vereador.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »