Rio

Caso Flordelis: Advogado que representa família de pastor cobra transparência nas investigações

Ângelo Máximo questionou a saída da delegada Bárbara Lomba do caso

Por Diana Rogers

Ângelo Máximo questionou a saída da delegada Bárbara Lomba do caso
(Foto: Reprodução)

O advogado que representa a família do pastor Anderson do Carmo, Ângelo Máximo, ainda não conseguiu acesso à segunda parte das investigações do Caso Flordelis. Máximo esteve nesta segunda-feira (27) na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), mas não encontrou o delegado Allan Duarte. Em entrevista ao Programa Cidinha Livre, Máximo cobrou agilidade da polícia e questionou a saída da delegada Bárbara Lomba do Caso.

“No momento não consegui acesso às investigações referentes à segunda fase. É de saltar os olhos. Já fiz júri de processos de investigação da própria DH aonde com muito menos elementos os investigados foram indiciados e até presos preventivamente. E as testemunhas da investigação eram apenas um inspetor de polícia e um delegado. Em relação à saída da delegada (Bárbara Lomba) as palavras dela deixam um entender entrelinhas. Eu achei insatisfatória a saída da delegada nesse quase fim das investigações. Tudo indica que tentaram limitar o trabalho dela. Pode ter sido após ela determinar a intimação da esposa do senador”.

Transferência ocorreu em meio às investigações do caso

A delegada Bárbara Lomba foi transferida da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), para a 11ª DP (Rocinha). A saída da delegada ocorreu após a agente intimar a mulher do senador Arolde de Oliveira (PSD), a empresária Yvelise de Oliveira, a prestar esclarecimentos sobre o telefone celular do pastor Anderson do Carmo. O aparelho foi ativado com um chip em nome da empresária e conectado ao Wi-Fi da residência do casal, na Barra da Tijuca.

Durante o anúncio de sua saída, a delegada chegou a pedir aos policiais que permitam a interferências que venham a limitar o trabalho investigativo.
“Não deixem ninguém limitar o trabalho de vocês. Se alguém limitar, gritem e fiquem de cabeça erguida, como eu estou aqui agora”, disse a delegada Bárbara Lomba.

Ouça a entrevista completa para o programa ‘Cidinha Livre’:

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Fevereiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »