Modal

Cedae desfaz ligações clandestinas no Rio e Baixada Fluminense

Furto de água é crime tipificado no artigo 155 do Código Penal

Por Redação Tupi

(Foto: Divulgação / Cedae)

Equipe de Segurança Patrimonial da Cedae identificou e desfez ligações clandestinas nesta semana em Jacarepaguá e no Parque Anchieta, nas Zonas Oeste e Norte do Rio de Janeiro. Em operação conjunta com a Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP), nesta quinta-feira (12), ligações clandestinas foram desfeitas na Estrada da Ponta Negra, em Curicica, Jacarepaguá. Os “gatos” abasteciam dois lava a jatos e seis quiosques.

Na terça-feira (10/11), ação identificou irregularidade em casa na Rua Waldemar Araújo, no Parque Anchieta. O local tinha piscina de 40 mil litros e duas caixas d’água de 1.000 litros. Na mesma operação também foram desfeitas ligações em duas casas nas ruas Otacílio Pedro Vasco e Coriolano de Melo. Os “gatos” abasteciam duas caixas d’água de mil litros em cada imóvel.

“Gatos” também na Tijuca e Belford Roxo
Na última semana, técnicos da Companhia desfizeram ligação clandestina em obra na Rua Monsenhor Battistoni, na Tijuca. Também houve operação em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, onde quatro “gatos” foram identificados. As irregularidades foram desfeitas nas ruas Adélia Sarruf, Francis, Ângela Martins e Anhanguera.

Furto de água é crime tipificado no artigo 155 do Código Penal. Denúncias de ligações clandestinas de água podem ser feitas pelo site www.cedae.com.br ou pelo telefone 0800-282-1195.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »