Conecte-se conosco

Rio

Cláudio Castro sanciona lei de migração de 30 horas para professores

Professores fluminenses terão remuneração melhor e alunos vão ter mais ofertas de disciplinas

Publicado

em

Claudio Castro participa de evento em Copacabana, na Zona Sul do Rio (Foto: Marcos Antônio de Jesus/ Divulgação: Super Rádio Tupi)
Claudio Castro participa de evento em Copacabana, na Zona Sul do Rio (Foto: Marcos Antônio de Jesus/ Divulgação: Super Rádio Tupi)
Claudio Castro participa de evento em Copacabana, na Zona Sul do Rio (Foto: Marcos Antônio de Jesus/ Divulgação: Super Rádio Tupi)

(Foto: Marcos Antônio de Jesus/ Divulgação: Super Rádio Tupi)

O governador Cláudio Castro (PL) aprovou uma lei que autoriza a migração da carga horária de 16 para 30 horas semanais dos professores da rede estadual de ensino. O feito sinaliza uma melhora nessa relação entre profissionais da Educação e a Secretaria.

De acordo com o Governo Estadual, os professores fluminenses terão uma remuneração melhor e os alunos vão ter mais ofertas de disciplinas. Isso vai reduzir a carência desses profissionais na rede estadual.

A Secretaria Municipal de Educação (Seeduc) vai avaliar, de acordo com a oferta e demanda de professores de cada disciplina e de cada região, como a migração se dará.

Os benefícios da categoria serão mantidos e cada profissional terá seus direitos devidamente respeitados.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.