Conecte-se conosco

Destaques

Ex-aluna de professor acusado de assédio, na Ilha do Governador, diz que foi levada para uma rua deserta

Comissão de Direitos Humanos da OAB está acompanhando o caso

Publicado

em

Colégio Brigadeiro Newton Braga
Colégio Brigadeiro Newton Braga (Foto: Cyro Neves / Super Rádio Tupi)

As denúncias contra dois professores, um de história e outro de educação física do Colégio Militar Brigadeiro Newton Braga, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, não param. A Comissão de Direitos Humanos da OAB está acompanhando o caso.

Uma ex-aluna chegou a contar que foi levada para uma rua deserta pelo professor, quando fazia um curso pré-vestibular em uma outra unidade.

As jovens descrevem cada professor da mesma maneira. Uma pessoa dissimulada que se aproveita para manipular as pessoas.

“O padrão de comportamento dele é bizarro. As mesmas coisas que ele falava pra uma, falava pra outras. É um jogo de manipulação muito grande que ele fazia com as alunas”.

Prints de conversas e áudios de wathsap já foram anexadas as denúncias apuradas pela OAB e já encaminhadas para o Ministério Público Federal.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.