Rio

Gilmar Mendes concede prisão domiciliar a Rafael Alves, acusado de ser operador do ‘QG da Propina’

Empresário Rafael Alves, preso desde o dia 22 de dezembro de 2020, terá que usar tornozeleira eletrônica

Por Redação Tupi

Reprodução/ MP

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu prisão domiciliar ao empresário Rafael Alves, apontado pelo Ministério Público como operador do “QG da Propina na Prefeitura do Rio” na gestão de Marcelo Crivella. Alves foi preso no dia 22 de dezembro de 2020, no mesmo dia da prisão do ex-prefeito do Rio.

A defesa do acusado alegou “a insuficiência de fundamentação do decreto prisional”. Além disso, afirmou que a desembargadora responsável por decretar a prisão não estava escalada para atuar naquele dia. No dia 5 de fevereiro, os advogados recorreram ao STF solicitando um habeas corpus. Antes, o STJ havia negado o pedido de liberdade.

Comentários
enquete

Quem você acha que o Caio vai votar hoje no BBB 21?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
11 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »