Capital Fluminense

Guerra entre milicianos deixa cinco mortos e sete vans queimadas na Zona Oeste

Grupo liderado por Tandera levou pânico aos bairros de Campo Grande, Santa Cruz e Sepetiba

Por Redação Tupi

A guerra entre milicianos deixou o clima tenso, na manhã desta quinta-feira (16), nos bairros de Campo Grande, Santa Cruz e Sepetiba, na Zona Oeste do Rio. Pelo menos sete vans foram incendias. A onda de ataques criminosos, atingindo principalmente o transporte alternativo, assustou os moradores da região que é dominada pela milícia.

Durante a madrugada, uma pessoa identificada como Fernando Pereira, de 41 anos, foi morta a tiros na Rua cinco. Ele é apontado como fiscal das vans. Até a última atualização desta reportagem, haviam cinco mortos. O comércio da região também foi fechado. Houve ainda um toque de recolher na região deixando a população cada vez mais assustada.

O grupo que substituiu Wellington da Silva Braga, o Ecko, morto pela polícia em junho, trava uma disputa sangrenta por território com a quadrilha liderada pelo miliciano Danilo Dias Lima, o Tandera.

O policiamento precisou ser reforçado na Avenida Brasil e em vias importantes entre Campo Grande e Santa Cruz, região da Zona Oeste da Capital Fluminense, onde ocorreu os ataques do grupo miliciano comandado por Danilo Dias Lima, o Tandera, na tarde desta quinta-feira (16).

Após promover ataques em Campo Grande e Santa Cruz, o grupo de Tandera também levou pânico para os moradores de Sepetiba. O comércio do bairro foi obrigado a fechar as portas.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »