Rio

João Pedro: perícia aponta que número de marcas de tiros não bate com o de cartuchos achados na casa

Agentes encontraram 64 buracos produzidos por balas no imóvel

Por Redação Tupi

(Divulgação: Redes Sociais)

Os agentes que investigam a morte de João Pedro, de 14 anos, encontraram uma discrepância entre a quantidade de marcas de tiros e os cartuchos recolhidos na casa do menino. Ele foi baleado, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. O laudo pericial foi divulgado pelo jornal O Globo.

Segundo a publicação, ao todo, 64 marcas deixadas por projéteis foram enumeradas no laudo de análise do local de crime, que faz parte do inquérito da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI). Já o número de estojos — parte do cartucho expelida pela arma no momento do disparo —  é bem menor: apenas sete, sendo três de calibre 9mm e quatro de 762.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »