Conecte-se conosco

Política

Jorge Picciani, ex-presidente da Alerj, morre aos 66 anos

Político estava internado em um hospital de São Paulo para tratar um câncer

Publicado

em

Jorge Sayed Picciani morre de câncer em São Paulo (Foto: Reprodução)

Jorge Sayed Picciani morre de câncer em São Paulo (Foto: Reprodução)

O ex-presidente da Assembléia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani, de 66 anos, morreu, na madrugada desta sexta-feira (14). O político estava internado no Hospital Vila Star, em São Paulo, onde fazia um tratamento contra um câncer na bexiga. O corpo será transferido para o Rio de Janeiro.

Em 1990, o ex-deputado conquistou o primeiro dois seis mandatos na Alerj. Picciani passou por todos os cargos importantes do Legislativo, até se eleger, por quatro mandatos consecutivos, presidente da Casa de 2003 a 2010.

Ele voltou a ocupar o posto, em 2015, após ficar quatro anos afastado do Parlamento. Jorge Picciani nasceu em 25 de março de 1955. Ele ficou preso preventivamente na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio, onde posteriormente foi liberado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para prisão domiciliar.

O político também é pai do deputado federal suplente Leonardo Picciani, que deverá reassumir o mandato nas próximas semanas.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *