Rio

Justiça nega Habeas Corpus para suspeito de construir prédios na Muzema

Defesa alegou que saúde de Rafael Gomes inspirava cuidados

Por Luiz Walcyr

Prédio desabou, em abril deste ano, e matou 24 pessoas.
(Foto: Divulgação / internet)

A Justiça do Rio negou o pedido de Habeas Corpus para o suspeito de construir e vender imóveis que caíram na Muzena, em abril deste ano.

No pedido, a defesa de Rafael Gomes da Costa alegou que o réu estava sofrendo represarias na prisão e que o estado de saúde dele inspirava cuidados.

De acordo com o Tribunal de Justiça, o pedido foi negado pois os laudos médicos já comprovaram a melhora do suspeito.

Rafael foi preso em maio, deste ano, após um prédio desabar e matar 24 pessoas, no bairro da Muzema, no Itanhangá, Zona Oeste da Capital Fluminense.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
10 de Dezembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »