Rio

Justiça ouve testemunhas da morte do pastor Anderson do Carmo

Flordelis é acusada de ser a mandante do crime. A deputada federal, que foi intimada da sessão no Rio, nega as acusações

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Está marcado para esta sexta-feira (13), às 13h, 3ª Vara Criminal de Niterói, mas uma audiência sobre o caso Flordelis. Durante a sessão serão ouvidas testemunhas de acusação e de defesa no processo que apura a morte do pastor Anderson do Carmo. A deputada é apontada como mandante e nega as acusações. O depoimento será colhido pela Juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce.

O Tribunal de Justiça determinou que Flordelis fosse notificada nos endereços no Rio e em Brasília, além de uma intimação pelo WhatsApp, após dificuldade de intimá-la para colocar a tornozeleira eletrônica. O equipamento foi instalado há pouco de um mês.

A Deputada Federal é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, morto a tiros em 2019. Setes filhos do casal e uma neta da parlamentar também respondem pelo crime.

Flordelis não foi presa por ter imunidade parlamentar. No entanto, o processo por quebra de decoro está em andamento em Brasília, o que pode acarretar na perda do mandato.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »