Patrulhando a Cidade

Laudo do IML aponta que juíza morta pelo ex-marido levou 16 facadas

Documento revelou que a magistrada tinha perfurações no pescoço, no rosto e na barriga

Por Lucas Araújo

Juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi
(Foto: Reprodução)

Um laudo do Instituto Médico Legal revela que, a juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi, foi esfaqueada 16 vezes. Ela foi assassinada pelo ex-marido, o engenheiro Paulo José Arronenzi, na última-quinta-feira, véspera de Natal. O documento aponta que a magistrada tinha perfurações no pescoço, no rosto e na barriga.

O crime aconteceu na Avenida Rachel de Queiroz, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, quando Viviane deixava as três filhas na casa do ex-marido. Ela foi morta na frente das crianças, e toda ação foi registrada por um vídeo que circula nas redes sociais. Paulo José foi preso em flagrante e deve responder por crime de feminicídio. Na delegacia, ele disse que só vai se manifestar em juízo.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »