Jornalismo

Mãe morre ao tentar proteger o filho durante tiroteio no Rio Comprido

Um morador, um suspeito e um policial militar também ficaram feridos

Por Redação Tupi

Ana Cristina da Silva, de 25 anos, foi morta ao tentar proteger o filho durante tiroteio (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil investiga a morte de uma mulher, no Rio Comprido, na Zona Norte do Rio. Ela foi morta durante um confronto entre bandidos de facções criminosos rivais.

Ana Cristina da Silva, de 25 anos, estava indo trabalhar com o filho, na noite desta quarta-feira (26), na Rua Azevedo Lima, quando ficou no meio do tiroteio. Ela se curvou para tentar proteger o filho pequeno e acabou sendo atingida por tiros de fuzil na cabeça e na barriga.

Durante o tiroteio, um morador, um suspeito e um policial também ficaram feridos. O agente de segurança é lotado no Batalhão de Choque. Ele foi atingido de raspão no braço e encaminhado para o hospital da PM. O Corpo de Bombeiros não conseguiu socorrer as vítimas por conta da intensa troca de tiros no bairro.

Pelas redes sociais, moradores do bairro relataram um intenso tiroteio na região, que seria motivado por uma disputa de bandidos de facções criminosas rivais.


Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »