Rio

Médica é espancada após tentar impedir festa clandestina no Grajaú

Ticy Azambuja diz ter sido agredida por cinco homens ao reclamar de barulho de festa

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução/Facebook

A médica anestesista Ticyana Azambuja, de 35 anos, contou que no bairro onde mora, na Rua Marechal Jofre, no Grajaú, ocorrem diversas festas, mesmo a casa sendo ao lado do quartel dos Bombeiros. Ela, que está na linha de frente no hospital de campanha da Lagoa, disse que foi agredida violentamente por cinco homens, quando foi reclamar do barulho da festa que fica próxima de sua casa.

Ticyana revelou que ao ser ignorada pelos vizinhos, ela quebrou o retrovisor e trincou o pára-brisas do carro de um dos frequentadores da festa. Segundo a médica, eles correram atrás dela e a espancaram com socos, chutes e pontapés, além de a enforcarem até que desmaiasse.

A médica, que tem um filho pequeno, teve o joelho esquerdo quebrado, assim como um dos pés e um braço quebrado. Além das fraturas, Ticyana teve várias escoriações e mechas do cabelo arrancadas.

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook
Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Bola em Jogo
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »