Modal

Ministério Público denuncia Márcio Pacheco por esquema de rachadinha na Alerj

Parlamentar aparece na lista do Coaf com movimentação de R$ 25 milhões

Por Redação Tupi

Presidente da Alerj, André Ceciliano, e Márcio Pacheco. (Foto: Rafael Wallace / Alerj)

O deputado estadual Márcio Pacheco, do PSC, está sendo investigado pelo Ministério Público do Rio, por suspeita de envolvimento no esquema de rachadinhas na ALERJ.

O esquema favorece servidores que se apropriam de dinheiro público, obrigando outros funcionários da Casa a dividir parte do pagamento.

Pacheco aparece na lista do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). O relatório aponta que nove servidores da Alerj movimentaram R$ 25 milhões de forma suspeita. A lista apontou ainda que 22 funcionários de deputados realizaram transações.

O parlamentar é ex-líder do governo Witzel na Alerj, e o primeiro denunciado no estado pela prática.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
10 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »