Capital Fluminense

Ministro do STJ coloca viúva do miliciano Adriano da Nóbrega em prisão domiciliar

Julia Lotufo usará tornozeleira eletrônica, terá que entregar o passaporte e não poderá ter contato com outros investigados da quadrilha

Por Redação Tupi

Júlia Lotufo e Adriano Magalhães da Nóbrega (Foto: Reprodução)

O ministro do Superior Tribunal de Justiça, Reynaldo da Fonseca, concedeu prisão domiciliar, para Júlia Lotufo, viúva do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, apontado como líder da milícia Escritório do Crime, com base no Rio de Janeiro.

Segundo o ministro, os crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa atribuídos a ela não envolvem violência. Júlia Lotufo também seria a responsável por uma menina de nove anos de idade que apresentou problemas de saúde recente.

Júlia Lotufo, que tem uma filha de nove anos, usará tornozeleira eletrônica, terá que entregar seu passaporte, deverá comparecer periodicamente em Juízo e não poderá ter contato com outros investigados da quadrilha.

Ela é acusada de lavagem de dinheiro a serviço da milícia. A prisão preventiva foi decretada em março, mas a ordem não foi cumprida. Segundo a defesa de Julia Lotufo, ela não estaria foragida, apenas não teria se apresentado às autoridades por medo de ser morta na prisão.

Comentários

enquete

Quem deve vencer o BBB21?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »