Conecte-se conosco

Destaques

Morador de Manguinhos é morto no Morro da Cruz após engano

Fabrício dos Santos Silva estava indo para o Borel quando acabou descendo do Uber no local errado

Publicado

em

Fabrício dos Santos Silva era morador do Manguinhos

Fabrício dos Santos Silva era morador do Manguinhos. (Foto: Reprodução)

Um homem foi morto no Morro da Cruz, na Tijuca, na madrugada deste sábado (21). A vítima era de Manguinhos e segundo áudios vazados, que identificaram a voz de traficantes da comunidade, a ordem do assassinato veio do chefe do tráfico, conhecido como Scooby.

Fabrício dos Santos Silva era jogador amador de futebol e muito conhecido na comunidade de Manguinhos, também na Zona Norte do Rio. Segundo a mãe da vítima, ele estava em um Uber com amigos, com sentido ao Borel, ao lado do Morro da Cruz, mas foram parar no local errado e ele não quis fugir. Em seguida, ele foi avistado por criminosos da comunidade e executado com tiros de fuzil.

O Morro da Cruz é liderado pelo traficante Leandro Nunes Botelho, conhecido como Scooby. Segundo áudios obtidos pelo O Dia, ele que ordenou aos comandados que executassem Fabrício, com o argumento dele ser de uma comunidade rival.

“Vamos ver qual é desse maluco aí, vamos ver qual é desse maluco aí, meu parceiro. Pega a visão geral: se ele tem família no morro, qual é a dele. Se ele for de Manguinhos, parceiro, não tem papo. Não tem papo, mano, não tem papo”, dizia o áudio, revelando a rivalidade entre as comunidades.

O velório de Fabrício será neste domingo (22), na Associação de Moradores de Manguinhos, a partir de 9h da manhã. O enterro está marcado para as 14h, no Cemitério do Caju.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.