Conecte-se conosco

Rio

Moradores de Magé sofrem com problemas no transporte público municipal

Atrasos, falta de manutenção, diminuição de frota e retirada de linhas têm causado dor de cabeça pra quem precisa pegar ônibus.

Publicado

em

Foto: Vinicius Cruz

Moradores de Magé na baixada fluminense têm enfrentado vários problemas no transporte público da cidade. A Iluminada, empresa do grupo Trel, opera em 17 linhas que circulam em vários bairros do município, mas segundo os moradores nos últimos meses atrasos, falta de manutenção, diminuição de frota e retirada de linhas têm causado dor de cabeça pra quem precisa pegar ônibus.

Esther Rosa é atendente de telemarketing, todos os dias ela tem que pegar um ônibus no bairro de Santa Dalila para chegar na clinica onde trabalha no centro de Magé. “Todos os dias eu vou para o ponto de ônibus e espero um tempão, quando o ônibus chega vem lotado, atrasado, em dias de chuva o ônibus fica com goteira dentro, todos os dias chego atrasada no trabalho.”

Dayane dos Santos é moradora de Piabetá, trabalha no centro de Magé, e diariamente passa pela mesma situação. “O ponto onde eu embarco é em frente à rua da Guia e o ônibus já sai lotado da rodoviária e não tem espaço pra quase ninguém mais. Aí tenho que esperar quase 1h pra o outro ônibus sair da rodoviária. Se eu perder o ônibus de 08h, só tem outro 08h45, com isso eu tenho que sair com 1hr de antecedência de casa, e ir caminhando até a rodoviária, se não quiser chegar atrasada no trabalho.” finalizou.

Em todos os bairros a reclamação se repete. Lorhane Meloni, mora em Santo Aleixo e depende do transporte todos os dias para chegar ao trabalho. “Está impossível andar de ônibus em Magé. Pego todos os dias o ônibus que faz o trajeto Andorinhas x Piabetá as 5h20 e pelo menos umas duas vezes por semana o ônibus não vem e eu chego atrasada no trabalho. Sem falar da volta pra casa, na última sexta eu cheguei em Piabetá às 19h e só teve o ônibus 20h10, a fila estava gigante.” Disse.

Segundo a prefeitura de Magé, aproximadamente de 360 mil passageiros são transportados mensalmente pela empresa Iluminada, a única que presta o serviço municipal em Magé, percorrendo os 6 distritos da cidade em seus bairros. A empresa ganhou a concessão em 2012 depois que a Alfa Rodobus teve seu contrato cancelado diante dos péssimos serviços que eram prestados à população naquela época.

Valcir Pinheiro é influenciador digital e usa suas redes sociais, “Santo Aleixo da Depressão” para levar alegria e bom humor a seus seguidores e com o problema no transporte em Magé ele resolveu colocar seu carro a disposição dos moradores. “Eu senti isso no coração, muita gente fala se eu não tenho medo de alguém querer me roubar, que podem isso ou podem aquilo, enfim. Eu to a disposição e de coração aberto porque as pessoas que me seguem tem um carinho por mim elas compartilham, respondem e a gente ta sempre conectado então é como se eu estivesse dando carona pra alguém da minha família mesmo minha rede de seguidores e ai eu não tenho medo, to fazendo de coração mesmo.” disse o influenciador.

Em uma live na manhã desta terça-feira (05), O prefeito Renato cozzolino disse que a empresa recebeu a concessão para operar as linhas durante 35 anos, informou ainda que a iluminada será notificada e caso não regularize a situação do transporte abrirá uma nova concessão para que outra empresa possa assumir o transporte.

Em nota a Prefeitura de Magé informou que realiza operações constantes, por meio da Secretaria de Transportes a partir de denúncias da população através do aplicativo Colab (Canal para facilitar o acesso do cidadão aos serviços essenciais em Magé).
Ainda de acordo com a nota, somente nos últimos seis meses 21 ônibus foram vistoriados e em alguns casos os veículos são imediatamente retirados de circulação para que não coloquem em risco a vida dos passageiros.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.