Rio

Novas regras são definidas para serviço de Mototáxi no Rio

Entre as mudanças, etão a exigência de cilindrada mínima e ano máximo de fabricação do veículo

Por Redação Tupi

Mototáxi no Rio agora precisará seguir novas regras
Mototáxi no Rio agora precisará seguir novas regras. (Foto: Câmara do Rio/Divulgação)

Nesta sexta-feira, uma lei que modifica as regras para o serviço de mototáxi no Rio foi promulgada. As motocicletas para a prestação do serviço deverão ter, a partir de agora, potência mínima de 125 cilindradas e no máximo dez anos de fabricação.

A Lei Complementar nº 250/2022, altera o inciso I do artigo 8º da Lei Complementar nº 181/2017, que estabelecia como limite máximo de fabricação das motocicletas de até cinco anos. “Essa é uma categoria muito importante para o transporte em nossa cidade, pois tira os trabalhadores de locais de difícil acesso levando-os aos modais de transporte público”, ressaltou o presidente da Câmara do Rio, Caio Caiado (sem partido).

Os autores da lei são os ex-vereadores Thiago K. Ribeiro e Prof. Célio Lupparelli, e os vereadores Zico (Rep), Felipe Michel (PP), Carlo Caiado (sem partido), Cesar Maia (PSDB) e Marcelo Arar (PTB).

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »