Modal

Ocupação de UTI na rede privada do Rio cai para 67% na cidade do Rio

No entanto, taxa de contágio ainda preocupa

Por Marcelo Silva

(Foto: Reprodução)

A ocupação de UTI na rede privada da cidade do Rio cai para 67% no Estado, a mas taxa de contágio ainda preocupa. Os dados são da Associação de Hospitais do Estado do Rio de Janeiro, que desde a última semana passou a integrar o Subcomitê de Saúde da Prefeitura da Capital Fluminense.

Durante o pico da pandemia, ocupação na rede privada chegou a 93%, de acordo com a Alerj.  Segundo o diretor da entidade, o médico Graccho Alvim, apesar da queda na taxa ocupação dos leito no Estado acontecer de forma gradual desde o fim de maio, quando a ocupação atingiu 85%, a taxa de contaminação no Rio de Janeiro ainda preocupa.

De acordo com presidente da Alerj, o médico Graccho Alvim a taxa de contágio na capital, em maio, era de 1,72. No início das medidas de flexibilização definidas pela prefeitura, no começo de junho, a taxa atingiu 1,03.

Atualmente, segundo Graccho Alvim, com base nos dados da semana passada, o risco de infecção voltou a subir, batendo em 1,34.

Segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, a capital contabiliza 6.393 óbitos confirmados e 56.060 casos da Covid-19. Foram mais 30 mortes nas últimas 24h, o menor número de óbitos desde o dia 22 de abril.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Samba Social Clube
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »