Conecte-se conosco

Coronavírus

Órgão Especial do TJRJ reestabelece obrigatoriedade de vacinação contra Covid-19 para servidores públicos do município do Rio

Os desembargadores do Órgão Especial acolheram recurso ajuizado pelo Município do Rio contra a decisão liminar que suspendeu a vigência do decreto

Publicado

em

Imagem da fachada do TJRJ

(Foto/Divulgação TJRJ)

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro restabeleceu, em sessão realizada nesta segunda-feira (28), a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19, para servidores municipais e prestadores de serviço.

Por maioria de votos, os desembargadores do Órgão Especial acolheram recurso ajuizado pelo Município do Rio contra a decisão liminar, de setembro do ano passado, que suspendeu a vigência do Decreto nº 49.286/2021, do Município do Rio de Janeiro, sobre essa obrigatoriedade.

De acordo com o artigo 1º do decreto, a vacinação contra a Covid-19 é obrigatória para todos os servidores e empregados públicos municipais do Rio de Janeiro, assim como para os prestadores de serviços contratados pelo município. Será considerada falta disciplinar a recusa de tomar a vacina sem justa causa.

A Ação Direta de Inconstitucionalidade do decreto nº 49.286/2021 foi proposta pelo deputado estadual Márcio Gualberto, do PSL. Após a decisão desta segunda-feira, em caráter liminar, o Órgão Especial vai decidir sobre o mérito da ação.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *