Baixada Fluminense

Polícia Civil realiza ação de combate ao furto e receptação de equipamentos de concessionárias

Ação de fiscalização ocorreu em diversos estabelecimentos localizados na cidade do Rio e na Baixada Fluminense

Por Redação Tupi

ação de combate ao furto e receptação de equipamentos utilizados por concessionárias de serviços públicos.
Foto: Divulgação/ Polícia Civil-RJ

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, através da Delegacia de Roubos e Furtos – DRF, com apoio de diversas Delegacias do Departamento Geral de Polícia Especializada – DGPE, realizou, nesta segunda-feira (13), mais uma ação de combate ao furto e receptação de equipamentos utilizados por concessionárias de serviços públicos.

A ação de fiscalização ocorreu em diversos estabelecimentos localizados na cidade do Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense para apuração da procedência dos materiais comercializados, bem como para verificação de regularidades administrativas e ambientais.

Durante a operação foram apreendidos mais de 200 (duzentos) quilos de cobre provenientes da subtração de cabos de concessionárias de serviços públicos, culminando na decretação da prisão em flagrante de dois comerciantes pela prática do delito de receptação qualificada.

Um dos cabeamentos recuperados era utilizado em antenas de telefonia móvel, sendo certo que a sua retirada provoca imediata perda de sinal.

Onze comerciantes também foram autuados pela prática do crime previsto no artigo 60 da Lei 9.605/98, ante a falta de licenciamento ambiental, bem como responderão por infrações administrativas previstas na Lei 9169/21.

As ações policiais com a finalidade de coibir o furto e a receptação de equipamentos das concessionárias de serviços públicos irão continuar por todo o Estado, ressaltando que a subtração destes equipamentos, além de afetar a continuidade da prestação de serviços essenciais, ainda geram sérios riscos à população em geral.

Ressalte-se que aquele que adquire materiais provenientes de furto do patrimônio de concessionárias de serviços públicos estão sujeitos à pena de 02 a 08 anos de reclusão, além da possibilidade de responsabilização criminal por outros crimes.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »