Rio

Polícia encontra carro usado por criminosos em assassinato de médico na Barra

Veículo foi localizado no interior da comunidade do Turano, na Zona Norte do Rio

Por Redação Tupi

Carro utilizado por criminosos que mataram um médico na Barra da Tijuca
Carro utilizado por criminosos que mataram um médico na Barra da Tijuca (Foto: Reprodução)

Policiais da 16ª DP (Barra da Tijuca) e da Delegacia de Homicídios encontraram no Morro do Turano, Tijuca, Zona Norte do Rio, o carro usado pelos criminosos acusados de assinarem o médico Cláudio Marsili, de 64 anos, na manhã desta terça-feira (19), na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade. Segundo a polícia, o veículo estava com a placa clonada.

De acordo com a corporação, o carro, encontrado em uma ação integrada da Polícia Civil com agentes da UPP Turano vai passar por perícia. Na ação, um homem identificado como Thiago Barbosa dos Santos, de 38 foi levado para a delegacia. Segundo investigações, o suspeito possui 13 anotações criminais e estava com uma mochila com pertences do médico.

De acordo com a polícia o carimbo do médico e uma caneta estavam entre os pertences guardados na mochila, encontrada com o suspeito de envolvimento no assassinato.

Segundo informações da Polícia Militar, o cirurgião plástico Claudio Marsili foi rendido por criminosos na Avenida Fernando Mattos. Eles o fizeram sair do próprio veículo, uma Toyota Hilux, e o mataram com um tiro na cabeça. Ainda não ficou esclarecida a motivação para o crime, a polícia trabalha inicialmente com latrocínio – que é o roubo seguido de morte.

Médico morto na Barra da Tijuca
Médico morto na Barra da Tijuca (Foto: Reprodução)

Familiares de Carlos Marsili acompanharam a perícia no corpo do médico e a remoção dele para o Instituto Médico Legal, no Centro do Rio. O filho, Ítalo Marsili, estava muito emocionado pela morte do pai e não quis gravar com a imprensa.

Um homem que trabalha na região diz que ouviu os tiros e viu quando as pessoas correram. Ele pediu para não ser identificado por questões de segurança.

“Foi por volta de 6h30, aqui eles assaltam até 12h, não tem mais hora para assaltar não. Sempre tem isso aqui, mas de morte assim é a primeira. Eu o conhecia há uns 10 anos, desde que comecei a trabalhar aqui, conversava com a gente, falava com todo mundo, ele era gente boa. Eu só ouvi os tiros e vi as pessoas correndo, quando cheguei eu vi que era ele. Muito triste”.

O crime aconteceu há pouco mais de 500m da Delegacia de Homicídios da Capital.

Por meio de nota, o CREMERJ [Conselho Regional de Medicina do Rio] lamentou a morte do cirurgião. “O Cremerj está consternado e lamenta a morte do renomado colega Claudio Marsili, por um motivo tão cruel. Ontem (18), nossa categoria profissional celebrou o Dia do Médico e é muito triste receber esta notícia e saber que estamos tão expostos à insegurança e à violência em nossa cidade. Pedimos às autoridades que assegurem o nosso direito de ir e vir e que os responsáveis sejam devidamente punidos”.

Formado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro em 1982, Marsili fez pós-graduação em cirurgia-geral pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. O médico fez pós em cirurgia plástica estética e reparadora pela Estácio de Sá e em medicina ortomolecular e desportiva pela Universidade Veiga de Almeida. Nas redes sociais, Marsili diz que tem a “cirurgia plástica como propósito de vida para melhorar a autoestima da mulher com segurança e confiabilidade”.

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »