Baixada Fluminense

Policial suspeita de homicídio em Queimados presta depoimento na delegacia

Isadora Calheiros de 25 anos, foi assassinada na porta de casa com um tiro na cabeça na última sexta-feira (26)

Por Redação Tupi

A vítima era secretária e deixa uma filha
A vítima era secretária e deixa uma filha – Foto: Reprodução/Redes Sociais

A policial civil apontada como principal suspeita da morte de Isadora Calheiros de 25 anos, esteve nesta segunda-feira (29), na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, para prestar depoimento. Ela foi ouvida e em seguida liberada.

A jovem foi assassinada na porta de casa com um tiro na cabeça, em Queimados, na Baixada Fluminense, na última sexta-feira (26). A Polícia Civil está investigando se essa policial, foi a responsável pelo disparo que matou Isadora.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe do 24ºBPM (Queimados) foi acionada para verificar a entrada de uma vítima de disparo de arma de fogo na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Queimados.

No local, os policiais foram informados que uma mulher ferida já chegou em óbito à unidade de saúde.

De acordo com depoimento da família de Isadora, ele um relacionamento amoroso com o marido de uma policial civil, e que o casal tem bastante conhecidos na cidade.

O corpo de Isadora Calheiros, foi sepultado no último sábado (27). Ela deixou uma filha de apenas 6 anos de idade, deficiente física. Ainda segundo a família, a jovem trabalhava como em uma autoescola.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Botequim do Mister
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »