Rio

Prefeitura do Rio flagra 137 tipos de medicamentos de uso controlado sem nota fiscal e em situação irregular

Produtos eram vendidos em uma farmácia de Copacabana, onde foram apreendidas cerca de 400 caixas de psicotrópicos e ansiolíticos

Por Redação Tupi

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Subsecretaria de Vigilância Sanitária, interditou parcialmente nesta segunda-feira, 20/04, uma farmácia em Copacabana, zona sul da cidade. Fiscais encontraram 137 tipos de psicotrópicos e ansiolíticos em situação irregular.

Na inspeção que teve o apoio de policiais da Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon), a equipe constatou o armazenamento de cerca de 400 caixas de medicamentos controlados (como sibutramina, diazepam, alprazolam e limbtrol) em temperatura e local inadequados. Além disso, o proprietário não apresentou qualquer documentação nem receita para todos os produtos, o que caracterizou a comercialização ilegal dos remédios, muitos até fora da validade. O estabelecimento foi multado por falta de comprovantes de dedetização e de limpeza do reservatório de água e de problemas estruturais no prédio, e recebeu três intimações para providenciar a nota fiscal, as adequações estruturais exigidas e o comprovante de descarte dos produtos.

A ação integra as inspeções específicas que a Vigilância faz desde 19 de março, muitas delas em atendimento a denúncias registradas na Central 1746. Em um mês, a operação direcionada já passou por quase 800 estabelecimentos, entre mercados, pets, hortifrútis e demais comércios autorizados a funcionar durante a pandemia, com mais de 160 infrações aplicadas.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »