Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Prefeitura do Rio lança dados do COR em Datalake disponível ao cidadão

Escritório de Dados do município vai disponibilizar informações sobre mobilidade urbana, clima e eventos da cidade

Publicado

em

Centro de Operações Rio
Centro de Operações Rio (Foto: Marcos Antônio de Jesus/Super Rádio Tupi)

O carioca passará a ter acesso a informações históricas do Centro de Operações Rio (COR) no Datalake da cidade. A novidade foi anunciada nesta quarta-feira (05) no Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro. As equipes do Escritório de Dados da Prefeitura do Rio apresentaram estudos que mostram como o acesso a dados do COR-Rio pode estimular o desenvolvimento de soluções tecnológicas para os problemas do cotidiano da população

– O carioca já tem acesso aos dados no aplicativo do COR-Rio, agora também estarão no Datalake, um banco de dados integrado, que passa a ter informações sobre dados meteorológicos, bolsões de água, enguiços mecânicos, entre outros. Podemos realizar estudos como a análise das chuvas e locais com maior incidência de alagamentos, deslizamentos e quedas de árvores. Chegamos à conclusão, por exemplo, que se há registro de mais de 30 mm de chuvas em um pluviômetro em um dia, a chance de eventos de alagamentos é de mais de 50% – explica João Carabetta, chefe-executivo do Escritório de Dados da Prefeitura do Rio.

Para o coordenador de Tecnologia e Integrações do COR-Rio, Thompson Leite Pacheco, a medida é fundamental para estimular a pesquisa e desenvolvimento de soluções para a cidade. E destacou a ação do COR-Rio em mentorias e no estímulo à atuação das startups e de empresários para criação de novas tecnologias em favor da cidade e do cidadão carioca. Thompson destacou o Desafio Cor, projeto que apresenta para startups, empresas e grupos técnicos questões relacionadas à gestão de integração de operações, comunicação e tecnologias. E acompanha o desenvolvimento de novas tecnologias para aprimorar a resposta da cidade a esses desafios.

– A cidade abrir os dados, ter transparência no acesso à informação, é fundamental para que empresários, startups e a sociedade civil pensem, junto conosco, as questões da cidade e soluções tecnológicas para elas. Se alguém cria uma solução e precisa de mentoria, nós, do COR-Rio também estamos sempre juntos para apoiar essa iniciativa. Todos esses esforços são a favor do cidadão e do Rio – destacou Thompson.

O COR é o maior centro de monitoramento da América Latina e usa alta tecnologia para gerenciamento de informações. A integração de dezenas de agências e órgãos públicos  favorece a tomada de decisões rápidas e estratégicas para a minimização de ocorrências que impactam a cidade. O Datalake é um repositório utilizado para armazenar, processar e disponibilizar diferentes dados de maneira unificada. O Rio de Janeiro foi a primeira cidade do Brasil a criar um Escritório de Dados diretamente ligado ao Gabinete do Prefeito. Aberto ao cidadão, o objetivo principal é que a sociedade civil, universidades e empresas privadas possam desenvolver projetos e pesquisas em benefício da cidade.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.