Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Prefeitura do Rio realiza ação pelo Dia da Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa

Evento reuniu palestras e ações de sensibilização sobre os maus tratos contra idosos

Publicado

em

Ação da prefeitura do Rio pelo dia da conscientização da violência contra o idoso
Ação da prefeitura do Rio pelo dia da conscientização da violência contra o idoso. (Foto: Divulgação)

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal do Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida, programou palestras e ações sobre o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado nesta quarta-feira (15), destacando a necessidade de combater esse crime.

As palestras aconteceram nas casas de convivência Clara Nunes (Madureira), Maria Haydée (Gávea) e Padre Velloso (Botafogo). Uma ação de sensibilização ocorreu no calçadão de Campo Grande, Zona Oeste, com distribuição do Estatuto do Idoso e material informativo sobre os tipos de violência mais comuns, entre elas a física, a psicológica e a financeira.

Para o secretário Junior da Lucinha, é preciso nos atentar mais uma vez para essa causa. “Envelhecer é um processo da vida. Estamos vivendo cada vez mais e querendo viver com qualidade, autonomia e saúde. Ações como essas são fundamentais para chamarmos a atenção da população”, disse o secretário.

À tarde foi encerrado o Concurso de Poesia Palavra Viva 60+, no Museu da Justiça, com a entrega de medalhas e placas aos premiados. O dia de conscientização foi criado em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa. A Organização Mundial da Saúde (OMS) escolheu o período 2020-2030 como a década do envelhecimento saudável, tornando imprescindível o debate sobre o assunto e o combate a agressões e tratamentos abusivos dentro e fora do ambiente familiar.

A Secretaria reforça que é possível denunciar casos de violência contra o idoso por meio da Central 1746. Segundo o Núcleo de Assistência de Promoção e Proteção Social, nos cinco primeiros meses do ano foram 251 ocorrências. O Disque 100 é outro serviço disponível e, de janeiro a maio, foram 28.224 chamados para o número no país, referentes a esse tipo de maus-tratos.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.