Região Metropolitana

Polícia Civil faz reprodução simulada da morte de lutador em São Gonçalo

Vítor Reis, de 19 anos, morreu após levar um tiro nas costas no último dia 29

Por Redação Tupi

Vítor Reis de Amorim
Vítor Reis de Amorim (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil fez a reprodução simulada do assassinato jovem Vitor Reis, de 19 anos, morto durante uma ação da Polícia Militar no último dia 29 em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Vitor, que era lutador de Muay Thai, estava em um bar com amigos quando foi atingido por um tiro nas costas.

Os investigadores buscam esclarecer se o lutador foi vítima de uma troca de tiros entre PMs e bandidos ou se foi um disparo que partiu apenas dos militares, como afirmam parentes do jovem e testemunhas do caso. Os quatro policiais militares que estavam na ação foram intimados a participar da reconstituição.

Segundo a Polícia Civil, mesmo avisado desde a semana passada sobre o procedimento, o Ministério Público não compareceu. Até o momento, apenas os quatro PMs prestaram depoimento e mantiveram a versão de confronto com bandidos. Eles também disseram que a cena do crime foi alterada.

Agora, os investigadores querem ouvir o dono do bar e os amigos de Vítor, além de outras testemunhas. No último sábado (1), uma testemunha disse ter visto o momento no qual o jovem foi atingido.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »