Rio

SuperVia realiza 10ª edição da Campanha de Segurança nas Passagens em Nível

Ação busca conscientizar a população e motoristas nas áreas próximas à via férrea

Por Redação Tupi

Imagem de trem da Supervia
(Foto: Reprodução / Governo Estadual)

Para conscientizar população e motoristas sobre a necessidade de respeito às normas de segurança, a SuperVia lançou nesta segunda-feira (13) a 10ª edição da Campanha de Segurança nas Passagens em Nível (cruzamentos oficiais entre rodovias e a malha ferroviária).

Durante um mês serão distribuídos panfletos nas passagens em nível, estações e praças por promotores que também estarão disponíveis para conversar com a população e alertar sobre os riscos que se corre quando não se obedece à sinalização. Carros de som também estarão nas diversas regiões próximas à linha férrea para a ação educativa.

Ao longo dos 270 quilômetros da malha ferroviária, a SuperVia conta com 37 passagens em nível regulares, das quais 20 foram selecionadas para serem o foco da campanha em função do histórico mais representativo de ocorrências e do maior fluxo de veículos. Elas estão nos ramais SaracurunaBelford RoxoJaperi e nas extensões Vila InhomirimGuapimirim e Paracambi.

De acordo com a SuperVia, todas a passagens regulares são sinalizadas de acordo com as exigências da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que prevê a instalação da Cruz de Santo André. Se não houver sinalização, aquela passagem em nível é irregular.  Existem cerca de 180 passagens clandestinas ao longo da malha ferroviária.

A empresa informou que monitora esses buracos e fecha entre seis e dez por mês. Ao fim do mesmo mês, cerca de 30% desses buracos são reabertos. As medidas necessárias para mudar essa realidade dependem da atuação do poder público, por envolverem construção de passarelas, desapropriações e programas sociais.

Infração gravíssima sobre os trilhos

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (Lei Federal nº 9503/97), os trens têm preferência de passagem sobre os demais veículos. Além disso, o ato de deixar de parar o veículo antes de atravessar a linha férrea é considerado como uma infração gravíssima, sujeita a aplicação de multa. Por isso os motoristas e também os pedestres devem parar, olhar e escutar antes de atravessar a via férrea.

É importante ressaltar que depois de acionado o freio de emergência, o trem ainda pode percorrer até 300 metros e uma frenagem brusca pode colocar os passageiros, colaboradores da concessionária e a própria operação ferroviária em risco. Assim, o cuidado e a atenção são essenciais para a segurança de todos.

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »